segunda-feira, abril 04, 2005

Mais Bandidagem

Domingo agora fomos na casa de uma menina da Croácia, que estuda aqui e quer ir pra Esdi ano que vem pelo programa de intercâmbio. Ela e o amigo dela que tava lá não são nada além de pessoas esquisitas como tantas que a gente encontra aqui, e é obrigado a fingir que é amigo, meio que por falta de opção de contato social. Tem a galera do hiphop, os meio (de verdade) malucos e os chapados, grupo humano do qual esses caras faziam parte. Pô, brincadeira, em cinco horas os malucos fumarem haxixe e maconha e beberem três tipos diferentes de bebida alcoólica é sacanagem.

Mas tudo bem, a gente sorri amarelo e torce pra nunca mais cruzar com eles. Mas não era só isso. Piorou quando eu perguntei pro amigo dela, também iugoslavo, se eles tinham vindo pra fugir da guerra. A resposta é antológica: "Vocês querem saber a história toda? Então vamos lá."

O cara, que devia ter uns vinte e oito anos, uma cara de preguiçoso bonachão, era traficante de drogas aos dezoito em Belgrado. Um belo dia ele e os amigos começaram a roubar lojas, catavam bolsa, roupa, o que tivesse dentro. Chegou a hora, evidentemente, em que acabou sendo pego. Aliás, ele não, um dos amigos, que foi torturado até cagüetar todo mundo que estava na jogada. Sabendo que ia pegar um ano de cadeia na Sérvia, onde as pessoas na época costumavam assassinar detentos, fez um passaporte falso e se mandou pra Alemanha, com algum dinheiro do tráfico e mais nada. Aqui, também atuou como ladrão, invadindo casas e levando TVs, computadores, etc., até arrumar um emprego.

E hoje é um pacato pai de família, que fuma haxixe, mas nem por isso menos pai de família.

Bom, o cara podia tar me sacaneando, mas a história era tão plausível e contada tão naturalmente que eu duvido, só se ele tem decorado pra contar pra qualquer babaca que acha que se o sujeito saiu da Iugoslávia deve ser refugiado. Mas acho que não, acho que é oficial: eu tenho um amigo que é bandido.

6 Comments:

At 2:00 PM, abril 04, 2005, Anonymous Baère said...

"Diga-me com quem andas que te direi quem és"

tsc tsc tsc... Se era pra conhecer traficantes e se assaltado não precisava ir tão longe, né?

Rapaz, cuidado pra esse blog não se transformar em sucursal dO Povo na Alemanha.

Abraços!
 

At 12:42 AM, abril 05, 2005, Blogger Mauro said...

É, esse negócio de perguntar já chutando a resposta é pedir pra ser sacaneado. Agora, o cara falsifica passaporte, rouba tv e vc fica surpreso com as bebidas que ele bebe?
Ah, e falando em maluco: será que a gente é tão normal assim? Afinal quem NÃO fuma maconha no rio já sofre com a discriminação faz muito tempo.
 

At 8:17 AM, abril 06, 2005, Blogger Maninha ou Mamae said...

Rodrigo,
Quando vc voltar e tiver mais tempo, vai dar pra escrever outro livro com estas estorias fantasticas, de um mundo bem diferente do nosso...
Achei interessante
bjs mamae
 

At 8:55 AM, abril 06, 2005, Blogger Rodrigo Rego said...

Já mais de uma pessoa me perguntou se essa história era mentira, por causa do primeiro post dizendo que eu iria misturar aqui ficção com realidade. Bom, o plano era esse, mas já é difícil arrumar tempo pra escrever o que se passa aqui, quanto mais pra inventar.

Podem acreditar que é verdade... mas quem vai acreditar nesse comentário, que também faria parte do cenário-blog "ficção-realidade“ que eu montei lá embaixo?

Eu mereço...
 

At 4:53 PM, abril 11, 2005, Blogger Mauro said...

Já ia reclamar que vc nao atualiza faz tempo, mas eu tb nao atualizo, entao tá tranquilo...
 

At 10:03 PM, fevereiro 10, 2006, Anonymous  said...

Espero que pelo menos vc tenha fingido que acreditou...
Pô,o cara deve tá de saco cheio desse tipo de pergunta.
Vc nunca teve vontade de inventar nada do genêro para os gringos que perguntam se tem cobra andando na rua?
Ops, lembrei que já ficou uma lá em casa desaparecida por uns três meses...
 

Postar um comentário

Profile

Rodrigo Rego

Sou designer, fascinado por bandeiras, jogos de tabuleiro, países distantes, e uma miscelânea de assuntos destilados quase semanalmente neste espaço.

Visite meu site, batizado em votação feita aqui mesmo, Hungry Mind.

rodrego(arroba)gmail.com
+55 21 91102610
Rio de Janeiro

Melhores Posts
Posts Recentes

Powered by Blogger

Creative Commons License