domingo, novembro 09, 2008

It’s Alive!



Hoje, 09/11, um ano depois do prometido, a Hungry Mind está pronta.

Quer dizer, pronta em termos. Ficou arrumada o suficiente para ser divulgada sem passar vergonha.

Mas por que você demorou tanto para terminar?

Porque fazer um site pra si mesmo é o projeto mais penoso em que um designer pode se engajar. Como o site é seu, como é pra você que ele vai trazer retorno, você perde totalmente a objetividade.

E é importante ser objetivo para ver que:

1- Não dá para incorporar todos os recursos maneiros do mundo;
2- Não se pode se sair melhor que sites concorrentes em todos os aspectos possíveis;
3- É impossível falar para todo tipo de público.

Quando é você que está se expondo, você sente uma compulsão por atacar em todas as frentes. E ao mesmo tempo, nunca está seguro de que o resultado é o melhor possível.

Em suma, você age como o seu cliente.

Mas mais do que isso. Você conhece muito mais frentes para atacar do que seu cliente, e seu repertório visual é loucamente maior. Você é um cliente com anabolizantes de cavalo.

E foi por isso que demorei tanto para concluir o site. Nunca tinha lidado com um cliente tão inseguro, megalomaníaco, pentelho e detalhista quanto eu mesmo. E pior, o cara não vai me pagar nada.

Hungry Mind: O que mudou

A última vez que esse site apareceu por aqui foi em meados de junho. Hoje ele voltou cheio de mudanças, e a mais evidente delas é a parte gráfica.

Lembro do dia em que, com o site já todo pronto, codificado e boa parte do sistema de atualização concluída, tudo naquele visual anterior, resolvi mostrar o resultado para minha mãe. Ouvi um muxoxo.

— Nem vem que agora não vou mudar mais! Quisesse reclamar, reclamasse antes.

Mas sonhei com aquele muxoxo naquela noite e na noite seguinte. No fim de semana, não me segurei e refiz o layout do zero. Com cores mais ousadas, inclusive no logo. Refinei a tipografia, tirei os ícones do menu, aliás mudei toda a interface do topo. E não me arrependo, ficou bem melhor.

No pacote, estruturei melhor a arquitetura do site, que dividia o portfolio em 4 tipos de projeto. Eu achava que assim eu atenderia melhor a cada tipo de cliente que viria me procurar (pejorativamente: o que quer um loguinho, o que quer um flashzinho, o que quer um site e o que quer o resto). Agora a divisão está entre interativos e gráficos, e só. Complicação zero.

Nos serviços oferecidos, consegui condensar todos numa página e a ainda acrescentar um novo: consultoria de conteúdo.

Sempre me incomodou ver meus projetos de site todos penteadinhos serem preenchidos com parágrafos de encheção de lingüiça. Um texto que demora a dar seu recado afasta o leitor, ainda mais os internautas, que mal lêem.

Quer dizer, um mau conteúdo inutiliza o trabalho de uma boa interface. Desde sempre, eu vinha aconselhando informalmente meus clientes sobre como adaptar seus textos para manter a atenção do leitor. Tá na hora de explicitar isso como serviço.

Estou muito feliz com a Hungry Mind, e pela primeira vez (por quanto tempo?), completamente seguro do resultado. Espero que vocês também gostem e indiquem para amigos, colegas e empresas que quiserem fazer projetos de design.

* * *

Pra quem não tinha reparado ainda, já há algum tempo tem um link para o site ali na barra lateral.

* * *

A Hungry Mind funciona toda como um blog, embora não pareça. Quem lê o Desembolog pelo RSS pode assinar a Hungry Mind também, e receber os novos projetos (e futuramente, os posts exclusivamente sobre design) no leitor de feeds ou até por email. Assinem lá!

17 Comments:

At 4:26 PM, novembro 09, 2008, Anonymous Barbara said...

Nasceu!!

Gostei muito! A hora em que a gente surta e começa tudo de novo do zero é quando as coisas dão certo mesmo. : )

bjs!
 

At 5:49 PM, novembro 09, 2008, Anonymous Anônimo said...

Link quebrado: aqui, em profile
"
isite meu site, batizado em votação feita aqui mesmo, Hungry Mind."

O link leva ao flickr
 

At 10:18 PM, novembro 09, 2008, Blogger Rodrigo Rego said...

Valeu, anônimo. Que mico.

Bárbara, obrigado! Você não sabe como eu estou aliviado de ter terminado!
 

At 7:58 AM, novembro 10, 2008, Anonymous Anônimo said...

Rodrigo,
Valeu o meu muxoxo anterior...
O site ficou perfeito quanto a arquitetura,cores,funcionalidade, etc..
Parabens e Sucesso!!!!!!!!!!!!!
 

At 10:57 AM, novembro 10, 2008, Blogger Alexandre Van de Sande said...

parabens rodrigo. Gosto muito da cara nova.

(por que tem um desenho de uma cabeça de peixe morto no thumb do invisible braces?)
 

At 2:29 PM, novembro 10, 2008, Blogger Luyza said...

parabens, rodrigo! saiu e ta mto bonito. navegacao ficou bem mais claro, bem dividida, textos concisos. Tipografia refinou (linda a dos titulos do menu em cima). q ele te traga muitos clientes!

ps. o menu portfolio quando vc entra o graphic design quebra em 2 linhas, detalhes pra consertar nunca acabam...
 

At 11:40 AM, novembro 13, 2008, Blogger Mauro said...

O que você tem contra clientes lusófonos?
 

At 12:07 PM, novembro 13, 2008, Blogger Rodrigo Rego said...

Super atrasado para responder, mas vamos lá:

Alexandre, o peixe morto é um camaleão. Talvez a forma como ficou o ícone não seja a melhor mesmo. Vou rever.

Luyza, obrigado! Vou consertar lá. Já que vc foi a única que comentou os textos, te peço: se achar alguma coisa mal escrita ou mal traduzida, me avisa tb!

Mauro, a idéia é tentar, por meio da internet, conseguir clientes do mundo todo, que não se importem muito em me conhecer pessoalmente. Se isso der certo, eu poderia teoricamente morar onde bem quiser, que a coisa continua funcionando. Agora, realmente, pra brasileiros talvez soe esquisito (embora normal na profissão: os exemplso mais próximos são os sites da luyza e do alexandre), por isso ainda não descartei fazer uma versão em português.

O que vocês acham? Só atrapalha? Ou diminui o sentimento antiamericano latente de vocês?
 

At 3:59 PM, novembro 13, 2008, Blogger Mauro said...

Eu acho que ainda tem muita gente neftepaíf que ocupa cargos importantes, tem dinheiro e não entende inglês muito bem. Preciso dar exemplos?
Acho que abrir mão destes clientes é ruim. Talvez se vc colocar um mecanismo que reconheça o país do leitor através do endereço IP e dirija ao site em portugues quando detectar um visitante do Brasil. Odeio quando os sites ficam perguntando logo na primeira página em qual língua eu quero ler.
 

At 6:43 PM, novembro 13, 2008, Blogger Rodrigo Rego said...

O que é neftepaíf?
 

At 11:31 AM, novembro 14, 2008, Blogger Mauro said...

Nefte Paíf, separado fica mais fácil de decifrar?
 

At 11:32 AM, novembro 14, 2008, Blogger Mauro said...

Quer diver, feparado fica maif fáfil de defifrar?
 

At 11:36 AM, novembro 14, 2008, Blogger Rodrigo Rego said...

Agora entendi. Isso você tirou de onde, Zorra Total? =)
 

At 3:49 PM, novembro 14, 2008, Anonymous Anônimo said...

Não, dos discursos do Lula mesmo.
 

At 9:07 PM, novembro 27, 2008, Anonymous paula said...

oi? atualiza ae...
 

At 9:40 AM, novembro 28, 2008, Anonymous Anônimo said...

tá trabalhando muito ou tá cansado???
 

At 10:04 AM, dezembro 06, 2008, Blogger Mauro said...

Vou começar a odiar o hungry mind se vc não atualizar logo.
 

Postar um comentário

Profile

Rodrigo Rego

Sou designer, fascinado por bandeiras, jogos de tabuleiro, países distantes, e uma miscelânea de assuntos destilados quase semanalmente neste espaço.

Visite meu site, batizado em votação feita aqui mesmo, Hungry Mind.

rodrego(arroba)gmail.com
+55 21 91102610
Rio de Janeiro

Melhores Posts
Posts Recentes

Powered by Blogger

Creative Commons License