quinta-feira, agosto 09, 2007

A vida paralela do aparentemente pacato e tímido Rodrigo Rego

Que sempre foi bom aluno na escola, teve sucesso discreto na universidade, faz seu trabalho com competência, ama a família e é fiel à namorada. De tão aparentemente tímido e pacato, de tão medianamente bem apessoado e enfadonho, compõe como poucos a paisagem humana ao seu redor. Mas que esconde este figurante de opiniões convencionais quando se mete dentro da cabine telefônica? Que faz quando se afasta do seu círculo sociale chega em casa?

Bem, atualmente, durmo. Me arrasto até a cama, me cubro, babo pra direita e só acordo no dia seguinte. Mas nem sempre foi assim. Houve um tempo em que eu me orgulhava dos meus limitados superpoderes. Por superpoderes me refiro ao entusiasmo para me embrenhar em pequenos projetos autorais, alheios à rotina diária. Sempre tive muito orgulho desses empreendimentos, independente de suas qualidades artísticas, apenas por sentir que estava construindo alguma coisa, ao contrario da maioria das pessoas que se desvencilha de suas obrigações para gastar seu tempo no telefone, no messenger, dormindo ou jogando videogame.

O acúmulo de horas gastas nessas empreitadas particulares geraram um patrimônio considerável, de qualidade facilmente contestável aos olhos de hoje, mas ao menos um volume impressionante. Uma lista aproximada inclui:

- 2 romances policiais
- 2 projetos de romance
- 21 contos
- 3 conjuntos completos de personagens de quadrinhos
- umas 50 tirinhas em quadrinhos, 6 delas publicadas em jornal
- 2 charges, ambas publicadas em jornal
- 1 letra de música
- umas 10 traduções e versões de músicas, para o português, inglês e alemão
- umas 30 caricaturas, entre artistas e conhecidos
- pelo menos 12 projetos de design idiossincráticos o suficiente apra serem chamados de pessoais.
- 127 posts

Agora que tenho um emprego que me consome em média doze horas por dia, me sinto como uma das inúmeras pessoas criativas que se deixaram dragar pela realidade adulta. Meu sonho de me sustentar com um trabalho não-subordinado, criativo, prazeroso e engraçado, ou ao menos manter a minha rotina de projetos paralelos a margem de um emprego convencional não sobreviveu nem ao primeiro semestre após a faculdade.

O sintoma mais evidente foi o recesso de mais de um mês deste blog – aliás, sete dias além do tempo estipulado. Mas ontem, depois de uma conversa com minha mãe sobre os caminhos que minha vida tem seguido, decidi que se não dá pra alterar o curso principal agora sem solavanco, então que ao menos era hora de retomar minhas atividades paralelas – e a volta dos posts semanais é só a primeira delas.

Embora alardear o retorno seja quase sempre o passo anterior à admissão da derrota, não paro por aqui no anúncio das boas notícias. Podem me cobrar para setembro a entrada do meu site no ar, e a partir daí, outras novidades virão. Promessa.

4 Comments:

At 11:09 PM, agosto 09, 2007, Blogger Alexandre Van de Sande said...

eu te entendo. Eu tenho conseguido fazer algo que nunca tinha conseguido realmente antes: ter uma rotina de esportes e exercícios, mas alem disso, os outros muitos projetos pessoais estão bem lentos sim.

Eu acho que é isso mesmo: tentar sempre arranjar um tempo pra uma coisa. decidir que blog é importante e fazer o possível pra segui-la até o fim..
 

At 9:14 PM, agosto 10, 2007, Anonymous Anônimo said...

Di,

Essas suas novidades sao realmente dez.!!
A preguiça e o cansaço que se seguem a um dia de trabalho nao podem desanimar ninguem. Projetos de vida tem que ter prioridade sempre.
Ai vao alguns pensamentos:

Para terminar primeiro, primeiro tem que terminar.

Pode ser que voce se decepcione se falhar , mas estara perdido se nao tentar.

Nossos sonhos podem se transformar em realidade se os desejamos tanto a ponto de correr atras deles.

sucesso!!!!!!!!!
 

At 4:36 AM, agosto 25, 2007, Blogger Luyza said...

eba!!!!
otimas novidades!
portfolio novo no ar (luyza.com) prestes a virar alguem q tb nao tem mais tempo pra projetos pessoais.
 

At 4:04 PM, setembro 02, 2007, Blogger Rodrigo Rego said...

Po, a grande vantagem desse seu y é ter um domínio com seu nome só pra vc, né? E seu site todo em alemão me fez ver como meu alemão anda ruim...

No mais, parabéns pelos novos projetos, estão sensacionais!
 

Postar um comentário

Profile

Rodrigo Rego

Sou designer, fascinado por bandeiras, jogos de tabuleiro, países distantes, e uma miscelânea de assuntos destilados quase semanalmente neste espaço.

Visite meu site, batizado em votação feita aqui mesmo, Hungry Mind.

rodrego(arroba)gmail.com
+55 21 91102610
Rio de Janeiro

Melhores Posts
Posts Recentes

Powered by Blogger

Creative Commons License